segunda-feira, 28 de setembro de 2009

SOPHIA

"Leais são as feridas feitas pelo amigo, mas os beijos do inimigo são enganosos."
(Provérbios 27:6)

domingo, 27 de setembro de 2009

A FORÇA DE UM BLOGUE

Os blogues surgiram na década de 1990 como diários pessoais. Nos últimos anos eles têm tomado caminhos diferentes e ganhado importância em maiores proporções. É fato o quanto os blogues tem mexido com o cotidiano das cidades, regiões e até de países.
Alguns dos que sonham com mudanças dizem que o blogue é uma importante ferramenta de luta a favor da democracia e contra o domínio da 'mídia imperialista', exaltando-o de sobremaneira. Já outros, não dão crédito algum, pensam que suas palavras não conseguirão chegar as pessoas que realmente interessam uma mudança, como a algumas pessoas menos favorecidas e que por sua vez não tem acesso aos blogues.
Na verdade o blogue tem sim sua importância, tem sim sua força, mas não podemos compará-lo a força da grande mídia. Não se pode ter a crença que os blogues fecharão jornais ou revistas. Além do poder econômico que alguns grupos midiáticos possuem, não podemos negar a qualificação profissional de sua equipe e do refino de suas produções, o que mantém um grande grupo de pessoas em constante consumo de seus produtos.
É fato que o blogue é uma ferramenta de democratização do espaço de comunicação e por isso tem que ser bastante utilizada, mas infelizmente ele é restrito a internet e não podemos ficar por aqui. É preciso conquistar outros espaços. Os espaços de rádio e televisão ainda precisam ser democratizados. Em quanto não houver concorrência seremos obrigados a engolir a programação dessas emissoras. Quantos já até reclamaram, mas mesmo assim assistiram várias vezes o mesmo filme da “sessão da tarde”? Mas o mal é menor quando se trata apenas dos programas de entretenimento, quando passa para o campo da informação... por hora não quero comentar. È preciso acontecer uma mudança urgente. Precisamos viver uma democratização das mídias já!

Para saber mais sobre a luta em prol da democratização da comunicação acesse: http://proconferenciarn.wordpress.com

I ENBLORN

Ontem, em Lajes-RN, aconteceu o I Encontro de Blogueiros do Rio Grande do Norte – ENBLORN, que tem por finalidade possibilitar o intercâmbio de experiências na atividade. O encontro teve como palestrantes o Prof. Daniel Dantas (UNP), o jornalista e blogueiro Carlos Santos e a Prof. Taciana Burgos (UFRN). O evento contou ainda com a participação da cultura popular com as apresentações do grupo Namastê de Pedro Avelino-RN e da dupla cordelista Neto Braga e João Almeida de Afonso Bezerra-RN. Destaque para Carnaubais que teve uma significativa participação no evento, a cidade contou com a presença de 8 (oito) blogueiros do município.

terça-feira, 22 de setembro de 2009

ELEIÇÕES 2010

Lula continua sendo o personagem principal da disputa de 2010


Segundo a pesquisa CNI/Ibope divulgada nesta terça-feira, a avaliação do governo Lula oscilou positivamente e retornou ao mesmo patamar de setembro do ano passado, o segundo melhor resultado de toda a série realizada desde a posse do presidente, em 2003.

A avaliação positiva do governo subiu de 68% em junho para 69% em setembro. 22% avaliam o governo Lula como regular, e 9% como ruim ou péssimo.

A aprovação do presidente Lula (a pergunta é: você aprova ou desaprova a maneira como o presidente Lula está governando o Brasil?) também aumentou, subiu de 80% em junho para 81% em setembro. No Nordeste, chega a 90%. O índice dos que desaprovam a forma de Lula governar foi de 16% em junho para 17% agora.

Ciro sobe, Serra e Dilma descem
A pesquisa CNI/Ibope testou seis cenários de candidaturas a presidente, alternando para cada simulação os nomes mais cotados do PSDB, o governador de São Paulo, José Serra, e o governador de Minas Gerais, Aécio Neves. Em quatro deles, foi incluído pela primeira vez o nome da senadora Marina Silva, que aparece com intenções de voto entre 6% e 11%.




Em apenas dois cenários, nos quais Marina não aparece, é possível fazer a comparação com a pesquisa anterior. Nestas duas simulações, Serra ee Dilma registram queda nas intenções de voto. O tucano recua quatro pontos percentuais e Dilma recua de três a quatro pontos, dependendo do nome do candidato do PSDB. A pesquisa aponta crescimento das intenções de voto do deputado federal Ciro Gomes e da vereadora e ex-senadora Heloísa Helena.Veja os dados abaixo:

Lista 1
* José Serra – 34% (Eram 38% em junho).
* Ciro Gomes – 17% (Eram 12% em junho).
* Dilma Rousseff – 15% (Eram 18% em junho).
* Heloísa Helena – 10% (Eram 7% em junho).
* Não sabe – 10% (Eram 12% em junho).

Lista 2

* Ciro Gomes – 27% (Eram 22% em junho).
* Dilma Rousseff – 17% (Eram 21% em junho).
* Aécio Neves – 12% (Eram 12% em junho).
* Heloísa Helena – 13% (Eram 11% em junho).
* Não sabe – 12% (Eram 15% em junho).

Nos cenários em que a provável candidata do PV aparece, Serra continua liderando quando seu nome é incluído, mas com margem menor de vantagem sobre os adversários. Quando Aécio é o candidato tucano, Ciro Gomes passa a liderar a disputa.Veja os números:

Lista 3 (com Serra e Heloisa)

* José Serra – 34%
* Dilma Rousseff – 14%
* Ciro Gomes – 14%
* Heloísa Helena – 8%
* Marina Silva – 6%
* Não sabe – 10%

Lista 4 (com Aécio e Heloisa)

* Ciro Gomes – 25%
* Dilma Rousseff – 16%
* Aécio Neves – 12%
* Heloísa Helena – 11%
* Marina Silva – 8%
* Não sabe – 12%

Lista 5 (com Serra e Sem Heloisa)

* José Serra – 35%
* Ciro Gomes – 17%
* Dilma Rousseff – 15%
* Marina Silva – 8%
* Não sabe – 10%

Lista 6 (com Aécio e Sem Heloisa)
* Ciro Gomes – 28%
* Dilma Rousseff – 18%
* Aécio Neves – 13%
* Marina Silva – 11%
* Não sabe – 12%

segunda-feira, 21 de setembro de 2009

VI COM ESTES OLHOS QUE A TERRA HÁ DE COMER

Tem gente que só acredita no que vê, mas acontece que nem sempre o que vemos é verdadeiro. Fazendo algumas pesquisas pela rede de computadores encontrei vários desenhos intrigantes mas nenhum me chamou tanto a atenção como este desenho de Phillippe G. Schyns e Aude Oliva da Universidade de Glasgow.
Até aqui nada demais. Certo? Vemos a esquerda o "Sr. Raiva" e a direita a "Sra. Calma". Agora experimente se distanciar de seu monitor uns 3 metros. Para os míopes, como eu, basta tirar os óculos e recuar poucos centímetros. E verá que os personagens mudarão de lado.

domingo, 13 de setembro de 2009

ARTeMIRE


DAS UTOPIAS


Se as coisas são inatingíveis... ora!
Não é motivo para não querê-las...
Que triste os caminhos se não fora
A mágica presença das estrelas!


Mario Quintana - Espelho Mágico
/ Noite Estrelada - Van Gogh

quinta-feira, 10 de setembro de 2009

A GRANDE MÍDIA NÃO MOSTROU

Oscar David de Montesinos. Já ouviu falar?

Não assisti ao noticiário da TV esses três últimos dias, mas há coisas que são evidentes. Todos sabemos o que vai passar nos jornais da TV: crise no Senado, Chávez ditador, seleção brasileira, conflitos entre policias e traficantes etc.
As redes de televisão também tem feito a cobertura de alguns acontecimentos em Honduras, principalmente, depois da deposição do presidente Manuel Zelaya. O problema é que a grande mídia não tem mostrado o que o povo hondurenho quer, mostra apenas um presidente golpista, Roberto Micheletti, na tentativa de impedir que Zelaya seja re-eleito alegando que o feito seria "anticonstitucional."
Sim, tudo bem. Mas quem danado é Oscar David?
Toda luta tem seu símbolo. Oscar David tem sido o símbolo da luta do povo hondurenho contra o golpe de Estado. A grande mídia não mostrou, mas você pode ver no vídeo abaixo como ele tem se tornado um símbolo da resistência hondurenha e qual o desejo desse povo aguerrido.

video

CARNAUBAIS EM FESTA

Logo mais
Hoje, em Carnaubais, começa oficialmente as comemorações referentes aos 46 anos de emancipação política do município. Os festejos serão marcados por concursos musicais, feira cultural, encontros educacionais, culto evangélico, missa em ação de graças, show gospel, eventos políticos, palestras, exposições artísticas e muito mais. A programação de hoje começa as 17:00hs com abertura oficial com hasteamento das bandeiras em frente a prefeitura e apresentação da Filarmônica de Santana do Matos.
Amanhã, 11/9
As 9:00hs reinauguração do Museu Municipal Zulmira Bezerra de Siqueira com café cultural, recital de poesia.
As 19:00hs VIII Louvorzão Bara - show gospel com a banda 4x1 do Rio de Janeiro, ministério de louvor Agra e ministério de louvor de Parnamirim.

segunda-feira, 7 de setembro de 2009

MATUTANDO

O 7 DE SETEMBRO DO BRASIL PODERÁ OCORRER EM OUTUBRO



INDEPENDÊNCIA: Sf. Qualidade de independente; estado ou caráter de independente; liberdade, autonomia. (RIOS, Dermival. Dicionário do Estudante. Editora do Brasil S/A).

O dia de hoje, 7 de Setembro, mais do que um feriado comemorativo é um feriado de reflexão e luta. A independência, como muitas outras coisas dentro de uma sociedade, não se obtém por decreto, é uma conquista. Um filho não se torna independente de seus pais apenas por que atingiu a maioridade. É preciso mais. O “Independência ou morte” de D. Pedro não foi o fator determinante para que se concretizasse a separação a Portugal. E mais do que isso, deixar de ser colônia portuguesa não significava ser independente. Pelo menos do ponto de vista econômico. Sabemos muito bem da interferência Inglesa no processo de separação entre Brasil e Portugal, do qual privilégios econômicos e acordos políticos com os ingleses fizeram com que mudássemos apenas de “metrópole”.
Independência dos Estados Unidos, Revoluções Industrial, movimentos operários, Revolução Russa, Primeira Guerra Mundial. Novos acontecimentos foram redesenhando a história do mundo, novas potências surgiriam e a soberania brasileira mais uma vez é colocada em xeque. Os EUA passa a ser a metrópole da vez. Bases militares, dívidas exorbitantes, supervalorização da cultura gringa e a subserviência à política norte-americana marcaram essa relação “colônia-metrópole”.
Em 2002 é eleito o primeiro presidente de origem popular, rompendo com os mais de 500 anos de dominação burguesa. Muitos avanços, algumas decepções e frustrações marcam esse novo tempo da história brasileira. Mas quanto a independência mesmo, alguns dos esquerdistas, daqueles utópicos, gostariam que ela viesse com um belíssimo discurso de ruptura, com uma multidão de trabalhadores nas ruas gritando palavras de ordem do tipo: “Fora Bush!”. Num estilo campanha “O Brasil é nosso!”. Mas isso não aconteceu. Pelo menos a parte do discurso histórico e da multidão. Pelo contrário. Lula, o camarada presidente, até amigo do Bush ficou. Mas isso não impediu a autonomia do Brasil em suas decisões. Não adianta expulsão de diplomatas e discursos eufóricos como os do nosso vizinho Chávez se a independência realmente não se concretiza. No Brasil, apesar de não agradar muito os esquerdistas, a moderação e a cordialidade do presidente foram válidas.
Talvez haja ainda quem ache que somos submissos as vontades da Casa Branca. Mas isso já não tem me preocupado mais. Se ainda estamos presos a correntes americanas, acho que elas estão bem frouxas, nos permitindo fazer alguns movimentos que nos conduzirão a definitiva soberania. O problema é que temos, ainda, outros inimigos dos quais precisamos nos desacorrentar. Precisamos nos livrar do latifúndio, do desemprego, do desmatamento, da corrupção. Precisamos nos livrar dos maus políticos. O voto consciente é a chave para a independência. Portanto, se conseguirmos a prática do voto consciente não se admire se o 7 de setembro for comemorado em outubro. O mês em que o Brasil definitivamente aprendeu a votar e a ser independente.


LIBERDADE: é uma palavra que o sonho humano alimenta, que não há ninguém que explique e ninguém que não entenda. (Cecília Meireles).